Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Bom começo de semestre

Manaus, 01 de setembro de 2020

É grande o otimismo do empresariado nacional nesse segundo semestre, pois todos apostam numa maior recuperação para compensar as perdas ocorridas com a pandemia SARS-CoV-19. A pesquisa Sondagem Industrial, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), sobre indicadores de tendências, mostra que pela primeira vez a indústria brasileira espera aumento no número de empregos na indústria em julho, superando os 50 pontos, o que demonstra crescimento da mão de obra.

A Utilização da Capacidade Instalada (UCI), que já havia crescido em junho, registra novas altas no início do segundo semestre, em 5 pontos percentuais (p.p), atingindo 67% e alcançando nível muito próximo ao período anterior a pandemia. Para o empresariado as perspectivas de alta da demanda e das exportações, no segundo semestre, são sinais inequívocos de que a reação é sólida, o que fortalece intenções de aquisição de matérias-primas, realização de investimentos e contratação de mão de obra.

Essas tendências tornaram-se maior e mais disseminadas agora em agosto, com perspectivas de continuar numa trajetória ascendente. O índice de expectativa da demanda para este mês registrou 61,4 pontos, aumento de 4,8 pontos em relação a julho; o de exportação teve uma alta de 1,3 ponto, atingindo 52,4 pontos.

As compras de matéria-prima também aumentaram suas expectativas com 58,7 pontos, 4,4 pontos acima do apurado em julho, o mesmo acontecendo com relação a expectativa de número de empregos que passou a ser de 53,5 pontos. Também a propensão de investir do empresário aumentou 4,3 pontos em agosto, na comparação com o mês passado, chegando a 51 pontos.

Todos esses índices de tendências demonstram que a produção industrial evolui a patamares muito próximos ao período anterior à crise provocada pela pandemia, acompanhada da criação de mais empregos e maiores níveis de UCI, indicando o reaquecimento da produção e a diminuição da ociosidade das fábricas na grande maioria dos subsetores da indústria.

Na próxima semana deveremos ter divulgada pela CNI a pesquisa Indicadores Industriais (amostra de médias e grandes empresas) que nos possibilitará uma visão real da evolução da indústria no país, a partir da qual nós também vislumbraremos o comportamento positivo da indústria local.

As perspectivas para a continuação de recuperação econômica se concretizam a cada mês, nos dando esperança de um ano de muito trabalho e progresso, apesar de todos os obstáculos. Como os artigos são escritos com antecedência, no momento que escrevo ainda não foi realizada a reunião do Comitê Indústria ZFM Covid-19, com a participação do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, também presidente do Conselho da Amazônia.

A nossa expectativa, que não poderia ser outra, é de otimismo para debater com Sua Excelência vários temas e aprofundar entendimentos que se concretizem em políticas públicas de desenvolvimento e bem-estar para toda a população da nossa região.

Share this post :

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Últimas Notícias
Categorias

Receba novidades!

Inscreva-se em nosso newsletter e fique por dentro das novidades.

error: Conteúdo Protegido!